Blueberry Submarine

Nicole da Rosa

Como estou fazendo um estágio durante o verão, minhas férias acabaram sendo apenas pelo Brasil. Tive uma curta semana livre antes de começar, então aproveitei pra passar uns dias por uma cidade que nunca tinha visitado antes, Budapeste. Fiquei pouco tempo, mas claro que foi o suficiente para encontrar alguns lugares legais pra almoçar, tomar um café (ou uma limonada devido ao calor de julho), ou comer um docinho no meio da tarde…

Ruszwurm Cukrászda
Budapest, Szentháromság u. 7, 1014

Dizem que essa é a confeitaria mais antiga de Budapeste… As opções de bolos são infinitas e eu escolhi um que não tinha praticamente nada de massa, só recheio. O lugar é bem turístico mas vale a pena dar uma passadinha pois os doces são uma delícia.

Mazel Tov
Budapest, Akácfa u. 47, 1072

Esse foi o primeiro restaurante que fomos chegando na cidade. É uma mistura dos famosos bares em ruínas de Budapeste e restaurante; o ambiente, o jardim a céu aberto nos fundos e a música dão ao lugar uma atmosfera incrível. O menu, como o nome sugere, é todo inspirado na culinária judaica e tudo é uma delícia. Dividimos um prato com uma coletânea de especialidades judaicas, um falafel com um pão pita inesquecível e como sobremesa, um pudim de leite bem leve com coco e rosas. O Mazel Tov foi um dos grandes achados da viagem!

My Little Melbourne Coffee
Budapest, Madách Imre út 3, 1075

DSCF5497

Lugar legal em uma área cheia de cafés e lojinhas charmosas. Do lado do meu chai coffee, uma limonada de frutas vermelhas pra refrescar.

Street Food Karavan Budapest
Budapest, Kazinczy u. 18, 1075

Esse street food court ficava a poucas quadras do nosso hotel e descobrimos ele em uma rua cheia de restaurantes legais. Diversas opções deliciosas nos dez food trucks e entre elas eu escolhi um pulled pork sandwich porque não importa o que tiver no lugar, se eu ver que tem pulled pork sandwich, eu vou escolher pulled pork sandwich.

Zona
Budapest, Lánchíd u. 7, 1013

DSCF5559

O Zona foi outro achado delicioso da viagem. O ambiente é belo, o atendimento é ótimo e o almoço foi perfeito. Desde o amuse-bouche até a sobremesa, sabores delicados mas marcantes. Claro que eu não poderia deixar de escrever esse post sem comentar algo que impressiona na cidade: os preços amigos. Eu moro na França, na Rivieira Francesa para ser mais exata, região super turística onde os preços são bem altos, então almoçar em Budapeste em um restaurante como o Zona e pagar menos de 40 euros para duas pessoas com entrada/prato/sobremesa é quase inacreditável. Ponto pra Budapeste.

Goamama Coffee
Budapest, 21, Király u. 21, 1075

DSCF5436

DSCF5432

Goamama é uma loja de design de interiores em Budapeste e a poucos metros dali, eles têm um coffee shop também. O café, as limonadas e as comidinhas, tudo perfeito para uma pausa entre os programas turísticos. O lugar é uma graça com janelões enormes de frente pra rua.

Blue Bird Cafe
Budapest, Dob u. 16, 1072

DSCF5659

Outro café legal em uma área super animada cheia de bares, restaurantes e lugarzinhos legais.

Kürtőskalács

IMG_9805

Kürtőskalács não é um lugar, mas o nome desse doce lindo da foto. Eu provei em uma barraquinha do lado do castelo de Budapeste mas tem em vários lugares pela cidade… O kürtőskalács é um doce húngaro originário da Transilvânia e é maravilhoso.

Advertisements

One Response to “Mini-guia: onde comer em Budapeste”

  1. Andrea

    Vou guardar esse post no meu coração pra no dia que for visitar Budapeste ir a todos esses lugares *_*. Deu uma fominha, hein!!
    Fotos lindas, como sempre!! <3

    Like

    Reply

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Basic HTML is allowed. Your email address will not be published.

Subscribe to this comment feed via RSS

%d bloggers like this: